26 Caldas Novas
  • quinta, 02 de abril de 2020 as 01:48h

GO: PRINCIPAIS CIDADES TURÍSTICAS: CALDAS NOVAS E PIRENÓPOLIS, FECHAM CLUBES, CACHOEIRAS E COMÉRCIO DEVIDO AO CORONAVÍRUS

Os casos de coronavírus causaram implicações nas duas principais cidades turísticas de Goiás. Embora não tenham registros suspeitos ou confirmados de Covid-19, Caldas Novas, no sul do estado, e Pirenópolis, na região central, tomaram medidas para evitar qualquer possibilidade de disseminação do vírus.

Ambas são conhecidas nacionalmente e visitadas por turistas de todo o país. A primeira, famosa por suas fontes termais, mandou fechar os quatro grandes clubes. Já a segunda vetou o acesso às tradicionais cachoeiras e parques. Nos dois casos, a suspensão é válida pelos próximos 15 dias.

Ambos os casos seguem as diretrizes do decreto assinado pelo governado Ronaldo Caiado (DEM). Em Caldas Novas, além dos clubes - cujos nomes não foram revelados, também terão que fechar as portas bares, boates, academias, restaurantes, lojas situadas em galerias comerciais e clínicas de estética.

Poderão funcionar nesse período os estabelecimentos médicos, além de supermercados, distribuidoras de gás e postos de combustíveis.

Os hotéis da cidade também ficarão, por ora, abertos. Os bares dentro destes estabelecimentos podem funcionar para atender os hóspedes, mas devem mantes uma distância mínima de dois metros entre as mesas.

Já em Pirenópolis, a principal alteração é o impedimento de acesso a atividades relacionadas a atrativos culturais, como passeios aos parques e às tradicionais cachoeiras. Todos os outros locais, semelhante à Caldas Novas, devem permanecer fechados.

A única diferença é em relação à rede hoteleira. No município, também está proibido o recebimento de novos hóspedes em pousadas e hotéis. Aqueles que já estão de viagem na cidade podem manter a estadia.

Por Sílvio Túlio, G1 GO

Foto: Leonardo Marques
 

 

Mais Notícias

Mais Vistos

Saúde

CORONAVÍRUS: BRASIL CONTABILIZA 244 MORTES